sábado, 12 de janeiro de 2008

Mete a boca oca #2

Wilson, leitor deste blog, talvez seja uma pessoa muito curiosa.

(Gastei muito tempo para escrever a primeira linha deste post. Eu ia dizer que Wilson é curioso, mas como saber? Talvez ele não seja curioso e tenha feito somente duas perguntas. Eu não me importo com preconceitos. Me importo é com Wilson.)

Wilson ficou satisfeito com minha resposta. E fez uma pergunta que nada tem a ver com blogs.

Perguntou-me: Por que abóbora é laranja e laranja não é abóbora?

Resposta: Quando dizemos que abóbora é laranja, queremos dizer que a cor dela é laranja, talvez alaranjada. Isso: laranja é cor e fruta.

E não se pode dizer que laranja é abóbora, porque abóbora não é cor, só é fruta.

Em sua pergunta de efeito, a matemática não cabe, Wilson. Ou seja: abóbora = laranja e laranja = abóbora não são equações plausíveis.

Para simplificarmos a sua pergunta, transcrevâmo-la de outra forma: "Por que a fruta abóbora tem a cor laranja e a fruta laranja não é a fruta abóbora?"

Perceba que uma fruta é só uma fruta, não outra fruta.

---

Você, leitor deste blog, pode fazer perguntas. Isso mesmo, pergunte para sua mãe, pergunte para o cobrador do ônibus, pergunte para quem quiser!

Mas a novidade é que também é possível perguntar para mim! E eu respondo.

6 comentários:

Nilcéia Pinto disse...

Abóbora é fruta?

Camile disse...

uai, e não existe cor abóbora??

Camile disse...

Digo, as vezes as pessoas dizem "aquela amista minha, aquela abóbora"
Então, de certo, abóbora pode ser um tom de laranja...não sei, porque não entendo nada de cores.

Camile disse...

Digo, as vezes as pessoas dizem "aquela amista minha, aquela abóbora"
Então, de certo, abóbora pode ser um tom de laranja...não sei, porque não entendo nada de cores.

C. disse...

malz o mesmo comentário duas vezes :s

Anônimo disse...

*camisa